Imagem Full

COMENDA TRANSFORMANDO VIDAS

  • A Comenda Transformando Vidas foi criada com o intuito de homenagear personalidades que contribuem para o desenvolvimento e melhoria de vida da população cearense. Cada homenageado tem sua homenagem referente à um ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU lançado em 2000, com meta de melhorar a qualidade de vida das pessoas criando uma cultura sustentável no planeta.

    No Fórum IEP de Sustentabilidade 2019 tivemos a satisfação de homenagear as personalidades: 

     

Rejane de Araújo

COMUNIDADE DE VALORIZAÇÃO DA VIDA

SUA PRÁTICA VAI AO ENCONTRO AO ODS 03 – BOA SAÚDE, BEM ESTAR

Francisca Rejane de Araújo é coordenadora do Centro de Valorização da Vida – CVV, tendo sido 22 anos voluntária dessa grande obra. O CVV é uma Organização Não-Governamental que trabalha na prevenção ao suicídio há 57 anos, reconhecida como de Utilidade Pública Federal desde 1973, sem viés religioso ou ligado a qualquer outra iniciativa. É associado ao Befrienders Worldwide, entidade que congrega as instituições congêneres de todo o mundo, e participou da força tarefa que elaborou a Política Nacional de Prevenção do Suicídio, do Ministério da Saúde.

Atualmente possui 114 postos de atendimento em todos os estados, mais o Distrito Federal, contando com o trabalho de 3000 voluntários, distribuídos em todos os postos de atendimento. Através de convênio celebrado com o Ministério da Saúde, disponibilizou gratuitamente o telefone 188 para toda a população brasileira, 24h todos os dias do ano. Anualmente é recebida uma média de 3 milhões de ligações. Há ainda outros meios de atendimento, que podem ocorrer por e-mail, chat ou até mesmo presencial, a depender do Posto.

O Posto de Fortaleza foi implantado há 32 anos e está situado à Rua Ministro Joaquim Bastos, nº806, no Bairro de Fátima, com 60 voluntários compondo sua força de trabalho local. O CVV se apresenta como uma instituição de apoio emocional e prevenção ao suicídio, acolhendo pessoas que precisam desabafar acerca de suas dores, descobertas e sentimentos tomados de desesperança, angústia, desespero, tristeza, sofrimento por diversas perdas, dentre outros. Muitas vezes estão em situação de vulnerabilidade por tamanho sofrimento psíquico. Nesse sentido, oferecer uma acolhida, através da escuta, é chegar junto à situação de sofrimento da outra pessoa, nessa sociedade onde as pessoas não têm mais tempo nem disponibilidade para ouvir o outro.

    • Alimentos arrecadados no Forum IEP de Sustentabilidade 2019 Na 12ª edição do Fórum IEP de Sustentabilidade conseguimos arrecadar mais de uma tonelada de…
    • Amazônia O desmatamento na Amazônia compromete a biosfera do planeta e as futuras gerações. Educar é…